quinta-feira, 14 de novembro de 2019

pátria que pariu



pátria que pariu
para Rubens Jardim

os dentes das pedras
mordem a língua
dos meus dias obscuros

esse país teve passado
         não tem presente
         nem tem futuro

peixe é bicho inteligente
foge do óleo criminoso
               derramado
nos mares do nordeste
- eita peixe caba da peste!

nem sei em que planeta
estamos  hoje
nessa infernal atmosfera

capitão boçal pede desculpas
pelas cagadas dos 3 filhos

Aí 5 é apenas os centímetros
que um deles carrega
pendurado entre as pernas

esperma já virou porra
nesta pátria que pariu
a besta fera



y love song baby


em imburi o vento sopra
gosma de tapioca
manga mandioca abacaxi
são francisco do itabapoana
não me engana
minha língua não precisa
provar lamber comer chupar
para saber  o gosto
do amargo fel dessa estrada
que nela se desova
toda cruel veracidade
com toda essa podridão
que se espalhou pela cidade





Artur Gomes Fulinaíma
do livro inédito - FULINAIMAGEM
contatos: Fulinaíma MultiProjetos
portalfulinaima@gmail.com
(22)99815-1268 - whatsapp



Nenhum comentário:

Postar um comentário